Ads Top

#Entrevista com o elenco do espetáculo "Canções para Amores Líquidos" + #Review do musical



O musical "Canções para Amores Líquidos" une o conceito do sociólogo polonês Zygmunt Bauman (1925 – 2017) e músicas compostas por Marcelo Jeneci juntamente a seus parceiros musicais ao longo de sua carreira.

Com uma história muito interessante, nós pudemos entrevistar o elenco e o diretor do musical na última semana em um papo muito legal e divertido.



NOSSA OPINIÃO:
Acho que sou uma péssima pessoa pra falar de amor. Eu nunca soube o que era e sempre me questionei se eu realmente já senti isso. Este questionamento é um dos pontos em comum que vi em Canções para Amores Líquidos.

O espetáculo é muito simples, porém muito reflexivo. São histórias separadas mas, de alguma forma, os seis personagens se encaixam muito bem.  Ao longo da história, você acompanha um relacionamento que acabou, uma conexão que surge, o questionamento da liberdade e a complexidade da vida social na internet.

Eu já namorei quatro pessoas, já me apaixonei inúmeras vezes e sempre achei que só havia amado genuinamente uma vez. Ao assistir o musical, que conta com as canções (e estruturas melódicas belíssimas) de Marcelo Jeneci, percebi que amor não é APENAS uma sensação, mas um conjunto de elementos que em cada relacionamento formaram uma equação diferente.

Queria destacar a atuação de três dos seis atores: Beatriz Amado, Marcela Gibo e Tiago Valente. Beatriz mostra com genialidade o que é ter rede social e a forma como nos forçamos a fingir uma felicidade e plenitude que às vezes não está de acordo com a realidade. Marcela me chamou muita atenção exatamente porque ela é a representação do signo de aquário (coincidentemente o meu signo ahahah), com um questionamento constante sobre essa liberdade que a gente tanto anseia, mas ao mesmo tempo não sabe encaixar com a forma como os outros se prendem às estruturas de relação. Tiago representa (muito bem) um jovem gay em busca de muitas coisas que, ao mesmo tempo, não sabe o que quer e se vê apaixonado por um cara mais velho. Os três atores se juntam à experiência e genialidade de Leticia Chiochetta, Le Allvez e Cadu Witter, sob a direção do incrível Luiz Rodrigues.

Independente da sua relação com o amor, Canções para Amores Líquidos vai te fazer refletir e repensar suas relações amorosas de maneira sutil, fofa e profunda.



SERVIÇO
Últimas Apresentações 
Sexta e Sábado, 05 e 06 de Outubro, às 21h
Domingo, 07 de Outubro, às 17h e 20h
Cia. da Revista - Alameda Nothmann, 1135
Santa Cecília - São Paulo.
Ingressos: R$40 (Inteira) e R$20 (Meia), R$15 (moradores da Região).
Duração: 100 minutos.
Classificação Indicativa: 12 anos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.