Ads Top

O espetáculo "A Despedida" volta em cartaz com novo elenco, no Teatro Viga, em São Paulo.



Hoje (7), reestreia o espetáculo 'A Despedida', que conta a nossa história, a história do Brasil, e o que somos hoje foi construído por esse caminho, essa história compõe cada um de nós e o nosso conjunto. Quanto mais nos conhecemos e conhecemos de onde viemos, mais entendemos nossa cultura e a maneira como nos organizamos como povo. 

Com música ao vivo e tratando de figuras históricas reais, pessoas que existiram ganham vida novamente, desta vez no palco. A Despedida tem a segunda temporada no Teatro Viga, às terças e quartas, sempre as 21h, até 28 de agosto.

No enredo, Princesa Isabel e sua irmã, Leopoldina, se encontram em meio a flores, lembranças, mito e história, para um embate poético e surpreendentemente humano. O encontro final entre as duas princesas se dá em uma arena etérea e lúdica e é o ponto de partida do espetáculo, que traz essas duas figuras femininas fortes como centro e guia da história. O texto se inspira em um conto de Daniel Defoe, “A aparição da senhora Veal”, relato de duas amigas de infância, separadas pelas circunstâncias, que se reaproximam em um momento dramático, quando uma delas já está morta. Da mesma maneira, a peça traz um diálogo de despedida pós morte entre Isabel de Orleans e Bragança e Leopoldina de Bragança e Bourbon.

Apesar das duas nunca terem de fato se despedido antes da morte de Leopoldina, que faleceu muito antes que Isabel, de febre tifoide, aos 23 anos, todos os episódios relatados na vida das princesas são baseados em fatos reais, e muitos diálogos foram retirados de documentos históricos e cartas que as duas costumavam trocar. Imersa em uma arena tomada de flores, antigas cartas, jornais, livros e seu passado, em uma espécie de ringue encenado por Leopoldina, Isabel confrontará suas contradições, guiada pela irmã mais nova, e visitará momentos emblemáticos de sua vida: a lida com a opinião pública, seu pai, o matrimônio arranjado, o senado, a gravidez, o aborto, o amor e a desilusão patriótica.

Nesta segunda temporada, a atriz Andreza Meddeiros dá vida a Leopoldina, que foi criada igualmente como Isabel, elas tiveram a mesma educação, assistiam as mesmas aulas, mas diferentemente de Isabel era mais livre, destemida pois não tinha o peso da coroa em suas costas. Teve 4 filhos e morreu aos 23 anos com febre tifoide. Leopoldina traz uma mensagem de esperança e força. Uma mulher solene, que dá força e incentiva a irmã em todos os momentos, não esquecendo de sua grandeza

"Acho que temos em comum esse lado incentivador, de sempre lembrar ao próximo o quão grandioso ele é!" conta Andreza e completa dizendo que "A Despedida é um espetáculo lindo, que fala sobre o amor, superação, suas lutas internas e a força dessas duas mulheres que foram muito importantes na nossa história".

Nesta temporada, a peça traz novos corpos, novas mentes, novas interações. Com a troca de alguns atores do elenco, a peça muda completamente, mudando o frescor e muito da percepção da personagem. E é essa a beleza do teatro, é vivo, é ao vivo, e a cada sessão, cada plateia, nova fagulhas se acenderão. O que mais muda é o momento histórico de cada um. Além das mudanças no elenco, a peça está com uma abordagem diferente. Um ano de vivência se passou. Nossa nova temporada é reflexo dessa nova experiência.

SERVIÇO  
Temporada 2018 de A Despedida  
LOCAL: Teatro Viga, Sala Viga - rua Capote Valente 1323, Pinheiros, São Paulo. 
DATA: de 07 a 29/08, às Terças e Quartas 
HORÁRIO: sempre às 21:00. 
DURAÇÃO: 60 minutos 
INGRESSOS ANTECIPADOS: www.sympla.com.br/adespedida 
BILHETERIA: a bilheteria, no local, funciona nos dias das apresentações, duas horas antes do início de cada apresentação, a partir das 19h.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.